Resíduos de Construção e de Demolição: RCD ou entulho de obra

São resíduos resultantes do processo de construção, demolição, daí sua denominação de RCD. Proveniente de reformas e reparos de pavimentação e de outras obras de infraestrutura, inclusive solos provenientes de terraplanagem, bem como de sua construção; a própria construção, as reformas e reparos de edificações também geram RCD, estimando-se que 20 % a 30 % do material que entra na obra acaba na forma de entulho (RCD); assim como os processos de fabricação e/ou demolição de peças pré-moldadas em concreto (blocos, tubos, meios-fios etc.). O RCD responde por 25 % do volume de resíduos sólidos. No Brasil são mais de 20 milhões de ton/ano.

 

 

 

Na RECICLI o entulho vira obra !
Os resíduos de construção e demolição são transformado em blocos, tijolos, pisos e outros materiais de construção.

 

 

 

Os RCD são compostos por cacos cerâmicos (tijolos, blocos, telhas, placas de revestimento etc.), argamassa e concreto, bem como de restos, cortes e aparas de plásticos, metais e madeiras.

Na RECICLI são separados os cacos cerâmicos dos demais componentes do RCD. Todos eles podem ser reciclados. A RECICLI recicla a cerca de 100 % do RCD que recebe.

 

 

 

 

Nossa capacidade para reciclar RCD: 22 mil ton/ano.

Transformamos RCD em tijolos e blocos cerâmicos e cimentícios, pisos, cerâmicas de revestimento, blocos de concreto para calçamento.